27 de março de 2009

Crepusculinho: Bichinho de estimação

Olá pessoal, eu finalemnte consegui viajar, estou fazendo um workshop de teatro. Mas como hoje é sexta e dia de Crepusculinho aqui vai a tirinha de hoje.


23 de março de 2009

Noronha uma ilha de lost.

Ontem eu estava olhando umas fotos no meu pc e encontrei umas fotos da minha ultima viagem, e junto umas fotos da ilha vista do alto que agora eu posto para vocês.







20 de março de 2009

Crepusculinho: Pega Rex


É um pássaro? É um avião? Não! É um fusca

No final de 2008, andou circulando na internet algumas notícias relacionadas ao novo projeto da empresa especializada em design aeronáutico Terrafugia, o automóvel voador batizado de The Transition.

O veículo custa a bagatela de 194.000 dólares, tem autonomia de mais de 720 quilômetros de vôo e é movida por gasolina. The Transition conta com asas de 10 pés e com as medidas de seguranças costumeiramente encontradas em automóveis além de um para-quedas opcional. O inusitado veículo teve um bem sucedido primeiro teste no aeroporto internacional de Plattsburg em Nova York e tem previsão de entrada no mercado ainda este ano.

Vi no site Jovem Nerd

18 de março de 2009

Grito de Solidão

Todo mundo tem aquela pessoa especial que nunca gostaria de esquecer não é? No meu caso é a gorota - que - não - pode - ser - nomeada (Uma longa história, que um dia vou contar aqui no blog), Pois é, logo quando eu cheguei aqui nessa ilha ela não saia da minha mente, foi então que inspirado na melodia da musica "Brother Under the Sun" do filme Spirit- Stallion of the Cimarron, eu criei a musica "EM MEU CORAÇÃO VOCÊ ESTÁ" que agora estou postando para vocês. E logo abaixo da letra tem um video com a musica Original.


EM MEU CORAÇÃO VOCÊ ESTÁ
(Anderson R. Da Silva)


Eu sonhei com você a me olhar
Eu sonhei com um grande amor
Eu sonhei que ia te reencontrar

Em meu coração você sempre está

Eu sempre quero ver você sorrir
Eu sempre quero ouvir você me chamar
Eu sempre quero ter você aqui comigo

Em no meu coração você está

Eu gosto de te ver
Eu quero amar
Eu vou te mostrar

Que em meu coração você está

Videos de DragonBall Evolution





16 de março de 2009

“MacGyver” O Filme?


New Line está usando fio, chiclete e um lápis para fazer “MacGyver” deslanchar como um longa-metragem.

Raffaella De Laurentiis, filha de Dino De Laurentiis, é quem está produzindo o filme, através da Raffaella Prods, juntamente com Martha De Laurentiis e o criador de séries, Lee Zlotoff. Dino De Laurentiis está como produtor executivo do projeto.

“MacGyver” foi uma série de aventura exibida de 1985 a 1992 pela ABC. Richard Dean Anderson, antes da fama de “Stargate: Atlantis” e “SG-1″, estrelou como um incrivelmente engenhoso agente secreto da Phoenix Foundation, que frequentemente escapava de situações perigosas com eficientes truques e engenhocas.

Dois filmes para a TV, estrelando Anderson, rodaram ao longo dos anos, após o cancelamento da série. O personagem eventualmente atingiu penetração cultural suficiente para se tornar uma referência para qualquer tentativa de encontrar uma solução mirabolante para algo, utilizando artigos domésticos. O programa “Saturday Night Live” satirizou este conceito com o seu quadro “MacGruber“, com Will Forte, que você pode assistir no link logo abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=PUxxI28zhNc.

Nenhum escritor foi contratado ainda, mas o estúdio espera encontrar um script que possa reconhecer como o conceito conquistou um lugar na cultura pop, porém, fazer do filme sério e ao mesmo tempo uma divertida aventura.

“Achamos que estamos a um chiclete, um clipe e a uma lista de escritores de distância para fechar esta franquia global”, disse Richards Brener, da New Line, que vai fiscalizar o script com Sam Brown e Walter Hamada.

Então prepare o canivete suíço, o clips e a fita adesiva, pois MacGyver vai voltar ou não.

Vi no site Jovem Nerd

12 de março de 2009

Crepusculinho: Apenas testando

Olá pessoal? Bem, eu sei que hoje não é sexta, mas é que amanhã eu vou trabalhar o dia inteiro e não sei se vou entrar na net. Por isso vou posta mais uma tirinha do Crepusculinho ok.

11 de março de 2009

Reminiscências de um Gago em seu Exílio (Parte 20): Um lugar chamado Internet.


A internet é uma forma de comunicação que unificou o mundo, e que hoje já tem milhares de usuários espalhados pelo globo. De uma forma ou de outra, ela aproximou as pessoas e as fizeram perceber que fazem parte de um mundo ainda maior, e que pode ser explorado sem limites, trazendo conhecimento, amizades e até quem diga amor.

A internet entrou em minha vida através de um e-mail, e por incrível que pareça começou aqui em Noronha em dezembro de 2002. Tudo por causa do meu amigo Jeivison que era do Grêmio estudantil aqui na escola da ilha e me convidou para fazer parte. Em uma reunião ele simplesmente chegou para mim e disse “Anderson eu vou viajar, me passa o seu e-mail?” nessa hora eu fiquei branco e disse que não tinha, e todo mundo da sala olhou para mim como se eu fosse um zumbi fora do normal. Jeivison olhou para mim e disse “Nada que não possamos resolver logo”.

Foi então que nasceu o Spydersonhp@hotmail.com o meu primeiro e-mail, no qual eu uso até hoje. Em minha jornada na internet eu lembro das varias fazes que eu passei até chegar aqui no AluadoBlog. Lembro de uma fase na qual eu era viciado em bate-papo, foi nessa fase que eu fiz as minhas primeiras amizades na internet, umas das quais eu mantenho até hoje. Essa é uma das coisas que eu gosto na internet, é a capacidade de você poder conhecer pessoas novas e dividir conhecimento.

Então chega a segunda fase na internet, a fase chamada “ORKUT”, eu lembro como se fosse hoje, o dia que eu ouvi falar de orkut, foi com o meu amigo Juliano na época repórter do “Jornal da Ilha”, foi ele que me adicionou nesse novo mundo da internet. Enfim no dia 14 de julho de 2004 eu entrava oficialmente no orkut, desde então eu fui conhecendo pessoas novas e reencontrando outras que eu não via há muito tempo. No fim o orkut virou um lugar onde eu podia mostrar quem eu era e sem ter medo do que as pessoas fossem pensar ou dizer, pois ali estava o Anderson que gosta de anime, quadrinhos, cinema e principalmente que gosta de viver.

Mas foi na então atual e terceira fase que eu encontrei uma casa nesse mundo virtual, um lugar chamado AluadoBlog, esse espaço me permitiu mostrar ainda mais esse Anderson que vive exilado numa ilha chamada Fernando de Noronha. Ilha que eu amo de paixão, mas que infelizmente me deixa com o sentimento de estar preso. É como eu disse, eu amo esse lugar, mas, ele é pequeno pra mim, eu quero conhecer novos lugares e novas pessoas. Mas, enquanto isso não me acontece eu fico navegando nesse lugar chamado “INTERNET” e fazendo novas amizades, e descobrindo que o mundo é infinito.

10 de março de 2009

ExpoCon Trekker 2009 no Rio de Janeiro. Eu queria ir!!!!

A A.F.E.R.J. - Academia da Frota Estelar do Rio de Janeiro realiza no dia 22 de março, domingo, no Sesc Copacabana, a ExpoCon Trekker 2009, evento destinado aos fãs da franquia Jornada nas Estrelas, nerds e curiosos em geral. o evento vai ter demonstração de jogos relacionados à franquia, desde Card Games, passando por RPG, a jogos eletrônicos para as mais diversas plataformas, como PC, PlayStation, PS2, etc.

E agora segue uma lista das atividades que se farão presentes no evento:
  • Exibição em sala de projeção de episódios da série, bem como filmes e fã-filmes relacionados a Jornada nas Estrelas.
  • Palestras sobre Star Trek com convidados especiais, entre eles, André Gordirro, repórter da revista SET, que falará sobre o novo filme da franquia, sob direção de J. J. Abrams, bem como relatará entrevistas com integrantes do elenco do filme.
  • Mesa Redonda com especialistas, numa interessante discussão sobre Star Trek e Star Wars.
  • Exposição de Materiais relacionados à franquia.
  • Oficinas de arte e mini estúdio de maquiagem de efeitos (será possível ao participante ter sua orelha vulcana ou quem sabe uma testa Klingon).
  • Concurso de cosplay trekker.
Haverá stands de vendas relacionado a Jornada nas Estrelas (naves, camisas e demais souvenirs). Também existirá uma área destinada a fã-clubes convidados de diversos “universos” de SciFi até fantasia. O valor do ingresso é R$ 7,00.

8 de março de 2009

Dia Internacional da Mulher: O que temos para comemorar?


Hoje Domingo dia 8 de Março, é o dia internacional da mulher. Mas, o que temos para comemorar? Enquanto vemos na mídia coisas tão ruins acontecendo com as mulheres, como por exemplo, a garotinha de 9 anos que estava grávida de gêmeos do padrasto e que na ultima sexta-feira foi submetida a fazer um aborto, ou aquela outra de 11 anos também grávida daquele que deveria fazer papel de pai, ou as mães adolescentes do Vale do Jequitinhonha MG resultantes de exploração sexual, ou ainda as dezenas de crianças envolvidas no caso de pedofilia em Catanduva SP?

Foi mais ou menos assim que a minha amiga Mônica iniciou o seu texto de dia internacional da mulher em seu blog. E ela não está errada, o que temos para comemorar realmente? E eu lhe digo o que devemos comemorar. Pois as mulheres são a essência da sensibilidade e delicadeza humana. Algo que nunca deveríamos menosprezar ou simplesmente ver como objeto de desejo, pois qual prazer teríamos ao contemplar uma rosa, se não houvesse as mulheres para serem presenteadas com elas? Ou quem teria se dado ao trabalho de inventar e aperfeiçoar os perfumes como fizeram os árabes e os franceses se não existissem as mulheres para usá-los? É isso que devemos comemorar, devemos comemorar a existência dessas verdadeiras rosas.

As mulheres são o nosso sentido de viver, não do modo carnal, mas sim espiritual. E erram aqueles (os insensíveis) que dizem que vocês são complicadas e imprevisíveis. Pois vocês são a nossa constante o nosso sentido em ver a vida com mais delicadeza e amor. E eu digo (bem alto) para todos ouvirem que as mulheres precisam de muito respeito, amor, dengo, galanteios, cavalheirismo e um homem de verdade, que as valorize 24 horas por dia, e não alguém que as façam sofrer e viver infelizes.

Por isso quando eu vejo na TV noticias de mulheres e meninas vendendo o próprio corpo ou exibindo para todos verem, isso me dá uma tristeza profunda, pois sei que muitas são obrigadas e outras que fazem por puro prazer. Fico triste também em ver que algumas mulheres (não todas) tenham perdido ou esquecido o seu verdadeiro valor e significado em ser mulher. Pois eu digo e repito, vocês são o verdadeiro significado da sensibilidade, essência e delicadeza do ser humano. Então para todas vocês eu desejo não só por hoje, mas todos os dias.


Um Feliz Dia internacional da Mulher.

5 de março de 2009

Nostalgia: Vivendo no Mundo da Lua.


"Alô, alô. Planeta Terra chamando. Planeta Terra chamando. Essa é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva. Falando direto do Mundo da Lua, onde tudo pode acontecer..."

Poucas frases marcaram tanto a minha infância quanto essa, e pensar que ela vinha de um garoto como eu, e com uma imaginação meio Aluada. Vocês não sabem do que estou falando? Eu não acredito que vocês não assistiram pelo menos uma vez, um dos maiores clássicos da TV Cultura (depois do Castelo Ra-Tim-Bum claro), O Mundo da Lua?

O programa tinha em seu elenco lendas da televisão brasileira, e entre elas Antônio Fagundes e Gianfrancesco Guarnieri, além das participações especiais de Denise Fraga, Laura Cardoso, Edson Celulari e Caio Blat (em sua estréia na TV), o programa foi ao ar entre 1991 e 1993 na TV Cultura, que reprisou o programa ao longo de toda década de 1990 para o delírio dos fãs, e entre 92 e 93 o programa foi exibido na emissora dona do Acre (Rede Globo), dentro do Xou da Xuxa.

A história girava em torno do caçula da família Silva e Silva, o Lucas (interpretado por Luciano Amaral, o Pedro do Castelo Ra-Tim-Bum).
Lucas era filho do professor Rogério (Antônio Fagundes) e da gerente de butique Carolina (Mira Haar), e irmão de Juliana (Mayana Blum). E em sua casa ainda vivia o Vovô Orlando (Gianfrancesco Guarnieri) e a empregada Rosa (Anna D'Lira).

Quando Lucas completa 10 anos de idade, ele ganha do avô um gravador. Então, o garoto começa a usar o presente como uma espécie de diário de bordo, onde ele acaba vivendo grandes aventuras dentro de casa, nelas ele visitava os quatro cantos do mundo, até mesmo a Lua. E todas essas aventuras vividas pelo Lucas sempre começavam com a frase que está no inicio do post. E essa era a graça do programa porque as aventuras vinham da imaginação do Lucas, e vemos (ou nos lembramos de) como uma criança de 10 anos, com uma imaginação fértil, encara o mundo e como ela imagina que as coisas poderiam ser. Através desses sonhos, e de conselhos de seus pais e seu avô Lucas percebe que as coisas não podem ser sempre como ele quer.

Apesar de o programa ser voltado para crianças, eu acho que as aventuras do menino Lucas Silva e Silva conquistaram pessoas de todas as idades. Sua linguagem simples, as lições ensinadas às crianças, e a criatividade que à produção tinha para criar as aventuras do menino Lucas? Eu lembro de uma que se passou no Japão (através de chroma key, a famosa tela azul ou verde sobreposta por imagens), pra mim tudo era uma grande diversão gostosa para a imaginação. Todos esses elementos fizeram do programa um clássico da TV Brasileira para crianças, assim como todos da TV Cultura.

Atualmente o programa infelizmente não é mais exibido na TV (apesar dos abaixos assinados dos fãs, O Mundo da Lua continua fora do ar). Esse programa me marcou tanto que o nome dele seria o nome desse blog, mas quando eu fiz o cadastro já tinha um blog com esse nome, então nasceu AluadoBlog em homenagem a esse programa que divertiu a minha infância. Ficou curioso para assistir? Bem, já que ele não é mais exibido na TV, a escolha é assistir ao único episódio disponível no Youtube:

Aeroporto 2001 - parte 1
Aeroporto 2001 - parte 2
Aeroporto 2001 - parte 3

3 de março de 2009

Entrevista do Mês: Com Luciano Carneiro.

Olá pessoal, depois de um super bate-papo no mês passado com Robson Reis (Entrevista do Mês: Com Robson Reis ), esse mês eu tenho o maior orgulho em apresentar Luciano Carneiro dono do blog Cinema e Eu, e como não podia deixar de ser, o bate-papo desse mês é sobre cinema. Então divirta-se. ^^'


Entrevista do Mês:
Com Luciano Carneiro.



AluadoBlog: Como surgiu o Cinema e eu?
Luciano Carneiro: Bom, eu sempre amei o cinema, e sempre gostei de escrever. Quando acabava de ver um filme muito marcante, ficava com muita vontade de gritar pro mundo vê-lo. Daí eu escrevia. Expressava tudo o que pensava nos meus textos. Mas não mostrava pra ninguém. Então veio um “clique” na minha cabeça e eu montei o Cinema e Eu. Acho que só não tinha feito um blog antes com medo dos preconceitos. Quer dizer, eu tenho 15 anos, e, bem... Muitas pessoas vêem na idade um empecilho para várias coisas. Inclusive escrever e fazer críticas. Mas não considero o que escrevo críticas. São mais... Crônicas, onde conto minha experiência com determinado filme. Mas já estou fugindo da pergunta. Me empolguei.
AluadoBlog: Você acha que ser blogueiro hoje em dia é melhor que ter um site com domínio próprio? Ou não?
Luciano:
Ah, creio que sim. Tudo bem que eu não sou a pessoa mais cotada para falar disso, já que não conheço o esquema dos sites de domínio próprio, mas acredito que montar um blog seja muito mais fácil. Além da liberdade que temos com nosso próprio blog, que é ótima. Eu acho que o blog é um excelente meio de se expressar. E de conhecer pessoas, ouvir opiniões diferentes, etc.
AluadoBlog: Vamos deixar esse negocio de blog de lado e vamos falar sobre cinema. Luciano você acha que Hollywood está sofrendo uma onda de falta de criatividade com seus inúmeros reboots e remakes?
Luciano:
Com certeza. Ouso dizer que essa época é uma das piores para o cinema em Hollywood. Cheia de hipocrisias. Os produtores fazem um filme idêntico a outro assim, na maior cara de pau. Sem contar os remakes e as milhares de seqüências, que enchem o raio da nossa paciência. Falta de criatividade e de bom senso, isso sim. Ah, que saudade da década de 50, 60, 70, 80...
AluadoBlog: E essa onda de fazer filmes baseados em animes, mangas e HQ’s, você acha que isso também é falta de criatividade vinda de Hollywood?
Luciano: Hummm... Isso depende. Não vamos generalizar. Acho que sim, muitas dessas adaptações são preguiçosas e servem apenas para ganhar um dinheirinho fácil. Mas creio que existam adaptações de desenhos, animes, HQ’s, mangas, etc, que, sim, são interessantes, bem feitas, originais, e até certo ponto ousadas. Não sou contra. Assim como não sou contra aos efeitos especiais, quando são usados a favor do filme. O problema é quando esses se apóiam completamente na parte técnica, o que, infelizmente, vem acontecendo. Aí sim, é falta de criatividade.
AluadoBlog: Esquecendo Hollywood por um momento, o que você está achando do cinema nacional?
Luciano: O cinema nacional só vem melhorando, com toda certeza. Acho que o público também vem se acostumando e se interessando mais pelo nosso cinema. Eu adoro, e sempre o prestigio. Não porque é socialmente correto, mas porque o nosso cinema é bom mesmo. Mas to generalizando...

AluadoBlog: E que filmes nacionais você não recomendaria para ninguém?
Luciano:
Eu não recomendo esses filmes nacionais que tentam imitar filmes de sucesso de Hollywood. Se eu Fosse Você da vida é um bom exemplo. Aquilo é o fundo do poço no quesito criatividade. Além de ser machista e muito preconceituoso. Me dá um aperto no coração só de lembrar que um troço desses faz sucesso. Falar de Xuxa é mesmo necessário? Fujam, passem longe, façam sinal de cruz. Funciona comigo...

AluadoBlog: E quais você recomendaria?
Luciano: Só pra citar filmes recentes, Cidade de Deus é indispensável. Amo, amo, amo. Além de Central do Brasil, que também é incrível. Saneamento Básico é um dos filmes que mais me fez rir. Além de emocionante O Ano em Que Meus Pais Saíram de Feias, que é lindo. Têm muitos outros, mas esses são os primeiros que me vem à cabeça.

AluadoBlog: Você acha que os musicais estão voltando para valer?
Luciano:
Sim, felizmente sim. É meu gênero favorito, e eu sempre fico mais feliz ao saber que os musicais estão de volta. Sweeney Todd, Hairspray, Across the Universe, Moulin Rouge, Rent, Chicago. Todos musicais dos últimos dez anos, e todos excelentes. Tenho mais esperança em Hollywood e na humanidade ao lembrar desse gênero.

AluadoBlog: De todos os filmes que você já assistiu musical ou não, qual você diria “esse marcou a minha vida”?
Luciano:
Xiii... Difícil. Vamos tentar. Moulin Rouge me marcou bastante, assim como Tomates Verdes Fritos, Edward – Mãos de Tesoura e Peixe Grande. Ah, e O Iluminado, Laranja Mecânica e Violência Gratuita me abalaram de verdade. Os Pássaros e Um Corpo Que cai também. E Os Fantasmas se Divertem marcou minha infância. Amor, Sublime Amor, Cantando na Chuva e Fale com Ela então, nem se falam. E dois filmes bem recentes, que já integram essa lista: Match Point e Ensaio Sobre a Cegueira. São tantos. Com certeza esqueci vários.

AluadoBlog: Você acha que o cinema influencia o nosso modo de viver e ver o mundo?
Luciano: Sim, sim, disso não existem duvidas. Eu gosto especialmente de filmes que nos faz refletir e pensar sobre nosso modo de levar a vida. Acho que podemos tirar muitas coisas boas do cinema. Cinema é vida. É baseado na vida. Então... Ver um filme e leva-lo para a vida não é algo raro de se acontecer. É a forma de arte que mais influencia o mundo, na minha opinião. E é, ainda, um dos motivos que me faz amar o cinema. Com todas as minhas forças.

AluadoBlog: E por ultimo Luciano, eu gostaria agradecer por ter aceitado o convite em participar do Aluadoblog, e deixo esse espaço para você mandar uma mensagem aos leitores que aqui passam. Mais uma vez obrigado, e espero vê-lo sempre que puder aqui nesse blog timidamente escondido na net.
Luciano:
Poxa, Anderson, eu que agradeço. Agradeço por ter sido o escolhido e agradeço por te ter como um leitor fiel lá no bloguinho. Espero visitar o Aluadoblog mais vezes. Me falta tempo, mas a gente sempre da um jeitinho. Quero te parabenizar pelo blog, que é impecável. Original e extremamente corajoso. Um grande abraço, e mais uma vez obrigado. ;D
Eu é que agradeço Luciano. ^^' Bem pessoal, espero que vocês tenham gostado desse bate-papo cinematográfico. Então até o proximo entrevista do mês.
Visite o blog do Luciano no http://cineeeu.blogspot.com/

2 de março de 2009

Frase do Mês

A frase desse mês eu tirei do Mangá Rurouni Kenshin (Samurai X). Eu adoro as verdades contidas nela.


"Não é um adeus, mas sim uma despedida... Não é o fim, mas sim o começo... É um tanto quanto triste, mas é assim que as coisas funcionam" - Rurouni Kenshin

Aluado Blog Tumblr

SocialVibe