7 de abril de 2012

Curiosidades: Mitos e Teorias da série Pokémon Parte 2

Hoje vamos a ultima parte com os mito e teorias mais bizarros da série Pokémon nos games e no anime, então eu espero que gostem...

O personagem Ash está em coma?

tumblr_l979lpQvzX1qclarso1_500Rufem os tambores, pois aqui vai uma notícia bombástica. Todas as aventuras do jovem Ash e seu amado Pikachu nos diversos continentes repletos de Pokémon não passaram de uma ilusão criada pela mente de Ash durante o coma. Sim, tudo se passou num sonho do jovem garoto após um acidente com a bicicleta de Misty durante o primeiro episódio do anime. O que seria o roteiro do último episódio da série animada Pokémon ainda é uma mera teoria.

tumblr_lhtv9kgdgr1qdyh6sMesmo com o triste acidente, os médicos conseguiram manter o garoto vivo, mas em coma. Neste estado, a mente de Ash continuou a trabalhar e criar um mundo na cabeça do jovem. Nele, cada personagem, cada Pokémon e cada acontecimento tem suas explicações psicológicas. Misty representa o primeiro amor de Ash, alguém impulsivo e inalcançável. Brock representa a sexualidade do garoto, o que também se mostra algo inalcançável, já que o garoto ainda era muito novo e “puro”. A equipe Rocket representa traços ruins de Ash e o medo, já a oficial Jennie e a enfermeira Joy representam a segurança e a saúde. Como Ash ainda não tinha viajado até o coma, as enfermeiras e policiais são sempre iguais às únicas que ele viu na vida, não importa a cidade onde ele esteja.

ash_nmistyA teoria é extensa e você encontra ela aqui. Todos os Pokémon do garoto estão envolvidos, bem como o rival Gary e os parceiros futuros de Ash, como May e Dawn. É algo louco, mas que por vezes faz sentido e não deixa de ser algo bem interessante.


Lavender Town era uma cidade amaldiçoada?


143a73b29ccc5f6cc98526d4666cd188-d2xtf1bQuem aqui nunca ouviu falar das músicas da Xuxa que, quando tocadas de trás para frente, viram sons diabólicos? Parece que Pokémon também entra no ramo de mensagens subliminares no mundo do entretenimento infantil. Uma coisa é fato, a música tema da cidade de Lavender mudou. As primeiras levas de Pokémon Red e Green no Japão (Green era a versão Blue japonesa) possuíam uma música muito diferente da atual. Era um tom diferente da do resto das cidades do jogo, na verdade, Lavender Town já é visualmente distinta das demais. Ela é minúscula, não tem ginásio e possui uma torre chamada Pokémon Tower, onde os Pokémon falecidos jazem para sempre.

tumblr_l88eaa3xAe1qd0isso1_100Essa teoria vem de relatórios vazados pelas empresas japonesas envolvidas com o projeto do jogo que associavam o surto de suicídios de crianças japonesas e outros sintomas estranhos aos jogos da série Pokémon. Na época, Red e Green faziam muito sucesso, mas os casos só afetavam crianças que chegavam à cidade de Lavender. O motivo tinha sido taxado como a música assustadora do lugar, que provocava tendências suicidas, irritabilidade, mudança de humor, dores de ouvido, enxaqueca, forte apego ao jogo, hemorragia nos olhos (eita!) e dores de cabeça. Como a legislação japonesa dá liberdade às empresas de não tornarem essas informações públicas, elas vieram de funcionários que deixaram-na vazar.

tumblr_l88e6af6gQ1qd0isso1_100Há muitos relatos de supostos desenvolvedores e dos encarregados de fazer a trilha do jogo, mas não se sabe se é verdade. Até ai, a teoria poderia até ser verdadeira, mas começam então boatos de efeitos não só sonoros, mas visuais. Na Pokémon Tower, essas crianças disseram ter presenciado imagens de uma mão em carne viva e ossos à mostra, um fantasma parecido com o visto normalmente no jogo, só que mais diabólico e enfrentando um “Pokémon” que na verdade é um homem saindo de sua cova (as imagens descritas pelo texto são supostamente essas que estão nesse post).

Não é a toa que a Nintendo nunca se pronunciou sobre isso, ela simplesmente mudou a Pokémon Tower para um estação de rádio nas versões posteriores do jogo. Quer se atrever a ouvir a música? Já vou avisando para ter cuidado, há quem fique com medo da melodia. Abaixo há a versão original e a do remake Leaf Green/Fire Red, além da edição que fizeram em Gold/Silver e no remake Heart Gold/Soul Silver. Reparem como a música torna-se mais feliz em Gold/Silver pra depois voltar ao ritmo sinistro em Fire Red/Leaf Green. Mesmo com as teorias, eu acho a segunda mais assustadora!


Existiu um cartucho de Pokémon de terror?

E o nosso ultimo mito de hoje é nada menos do que um misterioso cartucho da primeira geração de Pokémon. Red? Blue? Yellow? Nada disso! Pokémon Black! E não estou falando do novíssimo Pokémon Black & White (DS), a lenda fala sobre um cartucho hackeado de Game Boy para fazer o jogo se comportar de outro jeito. Mas ao invés de esquisitices como “Pokémon Jade” e outros que alguns lojistas tentaram vender, esse é mais sério. O autor do hack, se é que existe, conseguiu criar algo realmente tenebroso! Não há jeito mais sinistro de conferir o mito do que assistindo ao vídeo de um dos pouquíssimos jogadores que conseguiu o cartucho das trevas! Conteúdo pesado, favor ter cuidado (MUITO) ao assistir.



O mito só peca quando fala das luzes vermelhas. Game Boy não tinha luz e muito menos cores. Ele pode até ter usado um Game Boy Advance, mas o cartucho possui a programação de um do Game Boy comum, logo, não podia programar efeitos de luz.


Teorias encontradas originalmente por no site Nitendo Blast

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejá bem vindo ao Aluado Blog, dê sua opinião sobre o post...

OBRIGADO PELA VISITA! E VOLTE SEMPRE. ^^'

Aluado Blog Tumblr

SocialVibe