19 de janeiro de 2011

O mistério de Caramelo

RIO - A imagem do cão identificado como Caramelo, ao lado da cova onde estaria sepultada sua suposta dona, causou comoção nos primeiros dias de resgate às vítimas das chuvas na Região Serrana. Mas agora rende uma polêmica. De acordo com relato do jornalista Anderson Duarte, do "Diário de Teresópolis", o cachorro fotografado deitado ao lado da cova de Cristina Maria Cesário Santana, uma das vítimas da enchente, não é Caramelo. Ele se chama Leão e seria o cão de estimação de Rodolfo Júnior, coveiro do cemitério da cidade serrana.

Segundo a reportagem de Duarte, o verdadeiro Caramelo de fato existe e pertencia a uma família que morreu num deslizamento, mas jamais teria entrado no cemitério, que fica a quilômetros do bairro de Caleme, onde morreu sua dona. Para o jornal, a confusão da imprensa fica evidente pois "para chegar de um bairro ao outro você tem que atravessar a cidade", explicou o repórter do jornal de Teresópolis.

Adoção

O tal cão identificado como Caramelo teria sido encontrado no fim da tarde desta terça-feira (18), vagando no estacionamento do BarraShopping, após fugir da casa onde foi acolhido, na Barra da Tijuca, no último domingo. A mulher que o adotou, Marcia Xerez, contou que conheceu o suposto Caramelo - nome pelo qual o cão era chamado num abrigo - através de uma fotografia tirada por uma amiga que foi entregar donativos no local.

- Vi a foto e fiquei impressionada com a tristeza do olhar dele. Pensei: "Vou pegar esse bichinho para mim". No dia seguinte, fui para Teresópolis com um amigo. Só lá que conheci a história dele. Todos comentavam: "Esse é o cachorro que ficou ao lado da cova". Aí quis mais ainda ficar com ele, porque ele merecia ter uma vida feliz - disse Márcia.

Fonte: Yahoo Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejá bem vindo ao Aluado Blog, dê sua opinião sobre o post...

OBRIGADO PELA VISITA! E VOLTE SEMPRE. ^^'

Aluado Blog Tumblr

SocialVibe