30 de março de 2010

Reminiscências de um Gago em seu Exílio 32: As mulheres de minha vida.

Bem, pelo titulo desta reminiscência você pode achar besteira, e que estou me referindo às garotas que eu tenha namorado ou ficado (como se eu tivesse essa pinta toda). Não, esse texto refere-se às mulheres de minha família, que de alguma forma contribuiriam para formação da pessoa que vos escreve.

Em minha família eu posso destacar quatro mulheres que fizeram parte de minha vida, entre elas minha mãe, minha avó, minha tia (irmã de minha avó) e por fim Rosangela que foi a pessoa que cuidou do jovem e bagunceiro Anderson. Essas mulheres me fizeram enxergar um mundo do qual não conhecia e me fizeram aprender coisas que eu levo como lições e experiências de vida.


Como eu falei antes aqui nas Reminiscências eu nasci com um tipo de alergia a leite e foi minha avó que cuidou de mim nessa fase, e o que eu posso dizer dessa mulher, bem ela foi um dos maiores exemplos de pessoa em minha vida, e embora eu nunca tenha realmente dito, acho que ela percebe o orgulho que eu tenho e o amor que eu sinto por ela e isso me faz querer ser um orgulho pra ela e poder um di retribuir tudo que ela me ensinou e que hoje me faz ser o Homem que sou.

Dezesseis anos de minha vida eu passei com minha avó, e embora a minha mãe não tenha me criado ela sempre foi presente em minha vida, e quando eu vim pra Noronha eu conheci verdadeiramente a mulher que me deu a luz. Minha mãe é uma pessoa trabalhadora e nunca desiste de seus objetivos, e o mais engraçado é que isso foi uma das características que eu puxei dela, essa coisa de ser persistente e nunca parar na primeira dificuldade. Minha mãe é uma mulher da qual me orgulho muito e sua coragem e persistência eu vou levar pra sempre em minha vida.

Como eu falei antes Rosangela foi a pessoa que cuidou do jovem e bagunceiro Anderson. Ela chegou lá em casa quando tinha 15 anos e eu um moleque de 8 anos, no começo eu e ela não nos dávamos bem, um implicava com o outro e sempre acabava em briga, mas com o tempo foi se fazendo uma grande amizade e que até hoje está viva, Rosa me ensinou o verdadeiro significado de uma amizade e isso já me basta.

Por ultimo vem a minha Tia (irmã de minha avó), bem no começo eu a achava uma pessoa super chata que eu não suportava, mas como esse mundinho gira e gira muito, no ano de 2003 eu passei uma temporada com ela aqui em Noronha, e aquela tia que eu achava uma super chata foi se mostrando uma pessoa que não conhecia, uma tia que gosta de cinema e compartilha um pouco desse mundinho Nerd. E o que ela me ensinou? Ela me mostrou que realmente nunca devemos julgar um livro pela capa e que não devemos dizer que não gostamos de alguém sem antes conhecer.

E a essas mulheres eu gostaria de agradecer por tudo que me ensinaram e que podem ter certeza que vou levar pra sempre vocês aqui dentro de mim.


OBRIGADO...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejá bem vindo ao Aluado Blog, dê sua opinião sobre o post...

OBRIGADO PELA VISITA! E VOLTE SEMPRE. ^^'

Aluado Blog Tumblr

SocialVibe